O lutador da WWE ganhou o prêmio por sua ajuda financeira para ajudar as vítimas da guerra na Síria.



A fundação americana Syrian American Medical Society (SAMS) decidiu atribuir um prêmio humanitário ao atual lutador WWE Sami Zayn por sua colaboração com a organização. O canadense se juntou à causa em julho do ano passado e ajudou a levantar fundos para instalar hospitais e clínicas em zonas de conflito na Síria para ajudar aqueles que precisam de assistência médica.
O lutador do SmackDown Live decidiu abrir naquele momento uma organização sem fins lucrativos chamada ' Sami para a Síria' para arrecadar dinheiro e conseguiu levantar milhares de dólares . A campanha foi um grande sucesso e graças às doações que a organização Zayn recebeu, a SAMS conseguiu instalar uma clínica móvel em campos de refugiados na Síria. O lutador de origem síria compartilhou através de uma foto em Instagram sua satisfação pelo recebimento do prêmio humanitário e por ter sido capaz de ajudar a causa.
"Na noite passada, @sams_usa me deu o prêmio humanitário, uma honra que não consigo descrever em palavras. Há muitas pessoas que merecem mais reconhecimento do que eu. Por exemplo, as equipes médicas que estão arriscando suas vidas salvando as de outros na Síria."